Suores Noturnos: encontra aqui as 4 causas mais comuns

Alguma vez acordaste a meio da noite encharcado em suor? Sei que pode ser embaraçoso falar sobre isto, mas na verdade é mais comum do que se possa pensar. O suor noturno pode variar desde alguma humidade na testa e nas axilas até a manchas que arruínam o pijama e os lençóis. Pode haver causas graves para o suor noturno, por isso não te esqueças de procurar ajuda médica se estiveres a sofrer com situações extremas.

1. Ambiente do Quarto

Vejamos primeiro o óbvio. O que estás a usar? Se ainda estiveres a usar os teus pijamas de flanela no Verão, talvez seja altura de retirares essas belezas até que o Inverno volte. Mesmo que mantenhas o teu quarto extremamente fresco, um pijama grosso irá definitivamente manter-te a brilhar durante toda a noite, juntamente com cobertores e lençóis grossos. É comum os casais contarem que vão para a cama frios devido a ventoinhas ou ar condicionado, mas acordam a suar porque ainda estavam a usar o pijama de Natal a condizer em Maio. Juro que é normal mostrar um pouco de pele na cama.

Da mesma forma, ter o colchão certo é também um factor importante a considerar quando se lida com suores noturnos. Colchões de espuma que não incluem tecnologia de arrefecimento são notórios para acumular o calor, aumentando a tsua temperatura corporal durante toda a noite. Aqui apresentamos-te o colchão Emma Diamond Degree. Este colchão possui uma tecnologia de grafite. É um colchão híbrido, combinando 2 camadas de espuma e 1 camada de molas ensacadas. Possui uma camada de espuma Diamond Degree, isto é, é revestido por partículas de grafite e que devido à sua elevada condutividade térmica dissipa o calor mais rapidamente. Deste modo, o teu corpo arrefece mais rapidamente, requisito essencial para entrarmos na fase de sono profundo, mantendo a temperatura ideal durante toda a noite. Isto pode potencialmente eliminar os teus problemas de suor noturno. Descobre mais aqui.

 

2. Alimentação

Acabaste de cozinhar um bife grande e suculento antes de dormir? E quantos copos de vinho bebeste agora mesmo? Tanto o álcool como os alimentos que contêm grandes quantidades de proteínas e gordura podem exacerbar o teu suor nocturno. Enquanto os diabéticos têm mais dificuldade em regular os níveis de açúcar no sangue do que aqueles sem, o suor nocturno relacionado com o açúcar no sangue pode ocorrer em não diabéticos. A hipoglicemia noturna ocorre quando os níveis de açúcar no sangue caem para níveis ameaçadores enquanto se dorme. É por isso que te deves desviar de muitas proteínas, álcool, alimentos picantes e cafeína antes de dormir. Experimenta uma refeição saudável e equilibrada à noite e vê se os teus suores noturnos melhoram. É uma solução simples e benéfica, que também irá certamente melhorar o teu bem-estar.

Sobre esta nota, podemos também discutir o outro tópico relacionado com a alimentação que está ligado ao suor noturno que é a obesidade. A obesidade está infelizmente associada a uma série de preocupações relacionadas com a saúde e as coisas não estão certamente a melhorar para quem sofre desta condição. Uma pontuação de IMC (Índice de Massa Corporal) de 30 ou superior é considerada obesa e estas pessoas tendem a experimentar suores noturnos numa proporção superior à daquelas que têm uma pontuação mais baixa no IMC. O calor está acumulado no corpo por um excesso de gordura, que atua como um cobertor espesso à volta da estrutura do corpo. Se tiveres dificuldade em manter o teu peso de forma estável, procura alguma orientação profissional de um nutricionista ou outro profissional de saúde.

 

3. Ansiedade

Neste momento, estamos a viver tempos imprevisíveis, tendo os acontecimentos atuais têm alterado diversos campos das nossas vidas. É compreensível que tantos de nós tenham sentido mais ansiedade e desespero do que antes. Se percebermos que os nossos níveis de ansiedade atingiram um ponto em que nos encontramos num estado de medo e preocupação constantes, então isto pode ter evoluído para um distúrbio de ansiedade. As perturbações de ansiedade estão associadas ao suor noturno, uma vez que o sistema nervoso torna-se hiper-estimulado e o corpo responde erraticamente através do suor. A boa notícia é que quando os teus níveis de stress e ansiedade voltarem ao normal, o suor noturno também desaparecerá. É definitivamente importante cuidares de ti e falar com alguém que te possa ajudar a reduzir a tua ansiedade e não confiar completamente na medicação. No entanto, deves ter cuidado pois alguns medicamentos podem causar suores noturnos ou agravá-los, incluindo antidepressivos.

 

4. Menopausa

Ok, hora de abordar o elefante na sala. Quando muitas pessoas ouvem o termo “suores noturnos”, a tua mente corre imediatamente para a menopausa. Mas como já vimos, há muitas razões diferentes para que uma pessoa possa experimentar suores nocturnos. A menopausa ocorre naturalmente em mulheres entre os 40-60 anos de idade, mas também pode acontecer numa idade mais jovem ou mais velha. Além do suor noturno, as mulheres podem experimentar náuseas, aumento de peso e sensibilidade em certas áreas do corpo. Isto acontece devido a alterações hormonais dentro do corpo que afectam os níveis de estrogénio e progesterona. Infelizmente, não há muito que possa ser feito até que o processo tenha terminado, então os sintomas desaparecerão completamente. Há algumas coisas que se podem fazer para mitigar o suor durante a noite que foram mencionadas anteriormente neste artigo. Manter a sala fresca, usar o pijama certo, e ter um colchão fresco são algumas das mudanças mais fáceis de fazer, sendo ao mesmo tempo muito cauteloso quanto à tua dieta.

É tudo por agora, meus adoráveis entusiastas da soneca, espero que tenham achado este artigo útil para descobrir a razão dos vossos pesares de lençóis suados. É importante permanecer positivo e, se ainda não foste capaz de identificar uma causa, é importante obteres orientação médica. É também significativo notar que algumas pessoas sofrem naturalmente e geneticamente desta condição. Isto não significa que haja algo de errado, apenas que precisará de muitas lençóis extra!

Deixa um comentário

A nossa newsletter mensal - Sê o primeiro a saber das novidades Emma e recebe descontos exclusivos para ti.